Bloqueador de fraude

FENGY

Descubra tudo sobre o cabo de alimentação C19

O que é um cabo de alimentação C19 e para que serve?

O que é um cabo de alimentação C19 e seus usos?

O cabo de alimentação C19, que é tecnicamente o IEC 320 C19, é um tipo de cabo que fornece eletricidade para aparelhos de alta capacidade. Ele é feito para ser conectado a uma entrada IEC 320 C20 e pode ser comumente encontrado em data centers, salas de servidores e também em grandes roteadores de rede. Uma forma retangular diferencia este conector dos outros; possui três pinos – dois planos usados para condutores energizados e neutros, respectivamente, enquanto o terceiro serve para fins de aterramento.

Parâmetros e especificações:

  • Classificações de tensão e corrente: Na Europa, os cabos de alimentação C19 são normalmente classificados para 250 volts a 16 amperes ou 20A para a América do Norte.
  • Configuração: Os pinos possuem formato horizontal de dois pinos com um pino adicional para aterramento; isso foi projetado porque foi projetado para lidar com conexões de alta potência.
  • Comprimento do cabo: Eles vêm em comprimentos diferentes para que possam ser usados em diversas configurações onde o espaço é limitado.
  • Durabilidade: Esses cabos podem suportar calor e uso pesado, tornando-os aplicáveis em locais com alta demanda de confiabilidade, como data centers.
  • Compatibilidade: Criado especificamente para dispositivos que necessitam de grandes quantidades de eletricidade, como servidores, sistemas UPS (fonte de alimentação ininterrupta), equipamentos profissionais de áudio/vídeo, etc.

Usos e aplicações:

  • Data centers: Normalmente, os fios C19 são usados para unir computadores e sistemas UPS que garantem um fornecimento consistente de energia para instalações essenciais de tecnologia da informação.
  • Grandes equipamentos de escritório: Impressoras e copiadoras com grandes capacidades dependem de fios C19 devido às suas altas taxas de consumo de energia.
  • Equipamento profissional de áudio/vídeo: Amplificadores, mixers e equipamentos de vídeo de alto desempenho dependem da estabilidade fornecida pelo cabo C19 para fornecimento de energia ideal.
  • Ambientes industriais: O ambiente industrial está equipado com máquinas pesadas que precisam de uma conexão forte, como plugues C19, para apoiá-las com energia.

Garantir que selecionam uma opção de alimentação elétrica adequada que atenda às necessidades operacionais, bem como aos requisitos de segurança aplicáveis nas diferentes áreas de aplicação; o conhecimento sobre as diversas características, especificações, usos etc. desses tipos de cabos é necessário para quem lida com dispositivos de grande potência.

Diferenças entre os cabos de alimentação C19 e C20

O cabo de alimentação C19 é diferente do cabo de alimentação C20 porque é projetado com um conector fêmea, enquanto o último possui um conector macho. Este sistema de correspondência exclusivo permite uma conexão confiável entre fontes de energia como PDUs (unidades de distribuição de energia) e seus dispositivos ou máquinas correspondentes. Para elaborar mais sobre esses contrastes:

  1. Design do conector: Um soquete retangular caracteriza o C19, que apresenta um leve chanfro em um dos lados para evitar a inserção incorreta do plugue; por outro lado, o C20 representa sua contraparte com pontas correspondentes, destinada a se encaixar perfeitamente em qualquer tomada C19.
  2. Classificações de eletricidade: Geralmente configurados conforme padrão, ambos os conectores podem acomodar classificações de alta corrente de até 16A (amperes) a 250V (volts), tornando-os apropriados para uso em aplicações de alta potência.
  3. Compatibilidade Física: Só é possível conectar um plugue C20 a uma tomada feita especificamente para ele, ou seja, receptáculo C19, garantindo assim a associação correta entre dispositivos que exigem grandes quantidades de eletricidade e fontes adequadas da mesma.
  4. Usos: Em ambientes como data centers, você encontrará PDUs onde uma extremidade de um cabo de energia termina em um conector C20, enquanto servidores ou equipamentos profissionais de áudio/vídeo possuem dispositivos equipados com tomadas com conectores C19.
  5. Certificações de segurança: Para uma operação segura, especialmente sob cargas pesadas, ambos os tipos de plugues devem estar em conformidade com os padrões de segurança internacionais e possuir marcas de certificação relevantes.

Vantagens de usar cabos de alimentação C19

O emprego de cabos de alimentação C19 em aplicações específicas traz muitos benefícios importantes para manter a eficiência e a confiabilidade das operações, especialmente em locais com altos requisitos de energia. Algumas dessas vantagens são discutidas abaixo:

  • Design robusto para aplicações de alta corrente: Esses cabos são projetados para suportar classificações de corrente mais altas, ou seja, até 20A/250V, o que atende equipamentos que precisam de grandes quantidades de energia, garantindo assim a continuidade sob cargas pesadas.
  • Segurança operacional aprimorada: Fabricados de acordo com rígidas diretrizes de segurança internacionais, os cabos de alimentação C19 ajudam a evitar riscos de conexão elétrica, como desconexão acidental, por terem recursos como mecanismos de travamento seguros.
  • Flexibilidade de implementação: Podem ser utilizados em vários ambientes industriais, incluindo centros de dados, estúdios de transmissão ou fábricas, entre outros, onde fornecem uma forma adaptável de alimentar servidores topo de gama, routers de rede e outras infraestruturas tecnológicas críticas.
  • Maior durabilidade e melhor resistência: Levando em consideração sua robustez, os cabos de alimentação C19 são feitos de materiais duráveis, capazes de suportar manuseio brusco, mudanças de temperatura e outros fatores ambientais, garantindo assim um uso prolongado.
  • Conformidade Mundial: A conformidade com certificações de diferentes partes do mundo facilita a aceitação e o uso em todas as regiões, garantindo assim a compatibilidade em operações globais e, ao mesmo tempo, aumentando a segurança.

Escolhendo o cabo de alimentação C19 correto

Escolhendo o cabo de alimentação C19 correto

Fatores a serem considerados ao selecionar um cabo de alimentação C19

Ao selecionar um Cabo de alimentação C19, é essencial considerar vários fatores críticos para garantir desempenho, segurança e conformidade ideais com seus requisitos operacionais específicos:

  • Compatibilidade de classificação elétrica: Verifique se as classificações de tensão e corrente do cabo são compatíveis com o que o seu dispositivo exige. Normalmente, um cabo de alimentação C19 suporta até 20A/250V, mas isso pode variar de um equipamento para outro.
  • Flexibilidade e comprimento do cabo: Escolha um comprimento que não sobrecarregue os conectores ou cause acidentes de tropeço em seu arranjo espacial. Além disso, ao gerenciar o espaço, é fundamental considerar o quão flexível o cabo deve ser.
  • Certificação e conformidade com padrões: opte por cabos que atendam aos padrões de segurança internacionais, como UL, CE ou RoHS, o que garante que medidas de segurança rigorosas e respeito ao meio ambiente sejam observadas durante a fabricação, tornando-os aplicáveis em diferentes locais.
  • Tipo de conector: Certifique-se de que os tipos de conectores dos cabos C19 escolhidos correspondam aos encontrados em seus dispositivos e fontes de alimentação, caso contrário, conectar conectores diferentes pode resultar em incompatibilidade, inutilizando o cabo de alimentação.
  • Condições Ambientais: Avalie as condições ecológicas onde o cabo será utilizado. Temperaturas extremas, teor de umidade, composição química e pressão mecânica, entre outros, podem afetar seu desempenho ao longo do tempo. Selecione o cabeamento apropriado projetado para suportar os desafios de ambientes operacionais específicos.
  • Reputação do fabricante e garantia: Selecione marcas conceituadas, conhecidas por produzir cabos de alimentação duráveis e de alta qualidade; além disso, alguns fabricantes oferecem garantias contra defeitos, o que pode ser útil posteriormente.

Comparando tamanhos AWG para cabos de alimentação C19

Quando você escolhe cabos de alimentação para conectores C19, o tamanho American Wire Gauge (AWG) é muito importante, pois afeta muito sua capacidade de transporte de corrente e eficiência geral. O AWG indica a espessura do fio dentro de um cabo; números menores significam fios mais grossos. Fios mais grossos podem transportar mais corrente elétrica, reduzindo assim a resistência e o acúmulo de calor durante a operação.

  • Os cabos 12 AWG C19 são amplamente utilizados em aplicações de alta potência onde os equipamentos precisam consumir grandes quantidades de eletricidade. Esses cabos funcionam melhor com dispositivos que operam perto do limite superior de sua capacidade porque oferecem confiabilidade e segurança sob condições exigentes.
  • Os cabos 14 AWG C19 alcançam um equilíbrio entre flexibilidade e desempenho. Eles podem ser aplicados em muitos cenários diferentes, pois fornecem capacidade de transporte de corrente suficiente para a maioria dos servidores e equipamentos de rede, mas ao mesmo tempo são mais fáceis de manusear e rotear do que cabos mais grossos.
  • Os cabos 16 AWG C19 geralmente são empregados em situações de baixa potência com níveis de demanda médios. Esses cabos proporcionam maior manobrabilidade aliada à simplicidade, o que os torna perfeitos para uso em configurações com espaço limitado ou onde é necessária pouca geração de calor.

Benefícios da atualização para cabos de alimentação C19

Há muitos benefícios em atualizar cabos de alimentação em data centers e ambientes de computação de alta demanda para C19. O mais importante é que ele tem mais capacidade para suportar dispositivos de alta potência. Esses cabos foram feitos para uso com dispositivos que exigem mais eletricidade, como servidores, grandes roteadores de rede ou matrizes de armazenamento de dados. Isto implica que este tipo de infra-estrutura pode acomodar futuras actualizações ou expansões sem ter de substituir os sistemas de fornecimento de energia.

Outra grande vantagem da utilização deste tipo de cabo de alimentação é a sua maior resistência. Esses cabos são projetados com conectores e fios tão grossos que podem suportar manuseio constante em um ambiente de TI em constante mudança. O que isto significa é que haverá menos danos durante a instalação ou manutenção, levando à redução do tempo de inatividade e aos custos de substituição ao longo de um período de tempo.

Além disso, uma outra razão pela qual as pessoas devem usar esses cabos é porque eles promovem padrões de segurança nas instalações onde estão sendo usados. Por exemplo; algumas marcas podem ter bitolas de fio mais grossas do que outras, reduzindo assim a resistência, minimizando assim as chances de superaquecimento em data centers densos, o que é muito importante.

Finalmente, incorporá-los em qualquer projeto de data center contribuiria para melhores práticas de gerenciamento de cabos em termos de organização e eficiência. Torna-se mais fácil identificar problemas relacionados à potência ao lidar com esses tipos devido à sua construção padronizada juntamente com a robustez. Isto, por sua vez, proporciona um melhor fluxo de ar dentro de tais espaços, mantendo assim temperaturas operacionais ideais para o equipamento e garantindo também a confiabilidade do desempenho.

Instalação e manutenção de cabos de alimentação C19

Instalação e manutenção de cabos de alimentação C19

Técnicas de instalação adequadas para cabos de alimentação C19

Para obter o máximo desempenho e segurança do sistema, você deve certificar-se de que os cabos de alimentação C19 estejam instalados corretamente. Aqui estão algumas coisas que devem ser consideradas:

  • Orientação e conexão: Os conectores C19 devem estar alinhados correta e firmemente com a entrada C20 correspondente do equipamento de TI. Isto garante uma conexão elétrica segura e sem falhas. O conector direito deve se encaixar perfeitamente no lugar sem ser forçado, pois isso pode destruir ambos os lados da conexão.
  • Roteamento de cabos: Ao rotear esses tipos de fios, deve-se evitar dobras acentuadas que possam acabar quebrando-os ou esticando-os demais até que não possam mais funcionar como pretendido - nem nenhuma parte deve ser comprimida indevidamente. O posicionamento adequado do fio evita que o fio seja danificado, evitando assim curto-circuitos/desconexões elétricas.
  • Conformidade com a capacidade de carga: você deve garantir que a carga conectada não exceda a classificação de corrente máxima para cada indivíduo Cabo de alimentação C19 usado. O superaquecimento pode ocorrer facilmente se for feita uma tentativa de empurrar mais do que o que realmente pode passar, causando riscos perigosos de incêndio.
  • Consideração Ambiental: Leve em consideração fatores ambientais como níveis de temperatura; taxas de umidade; exposição a produtos químicos como ácidos/sais ou mesmo bases/álcalis, além de luz solar direta (luz UV). Tais condições exigem o uso de tipos apropriados de cabeamento projetados especificamente para ambientes onde ocorreria deterioração prematura devido a atividades corrosivas desencadeadas por tais elementos.
  • Inspeção e testes regulares: Estabeleça um programa onde as inspeções sejam realizadas frequentemente juntamente com testes feitos periodicamente em todos os cabos de alimentação C19 instalados. A detecção precoce de danos físicos e a garantia de boas conexões, ao mesmo tempo em que se confirma o desempenho elétrico, ajudam muito a evitar tempos de inatividade resultantes de falhas.

Dicas para manter o desempenho dos cabos de alimentação C19

Para garantir que os cabos de alimentação C19 permaneçam eficientes e não quebrem a longo prazo, é recomendável seguir estas dicas de manutenção e manuseio:

  • Evite sobrecarga: Fique de olho na carga de energia para que ela não exceda o que o cabo C19 pode suportar. Neste caso, um bom sistema de gestão de energia irá monitorizar e controlar eficazmente a forma como a energia é distribuída.
  • Use acessórios de gerenciamento de cabos: implemente itens como organizadores de cabos, braçadeiras ou braçadeiras para garantir que os cabos sejam roteados de maneira organizada. Isso não só ajudará a prevenir danos físicos, mas também aumentará o fluxo de ar, o que reduz as chances de superaquecimento.
  • Desconecte somente quando necessário: Conectar e desconectar regularmente desgasta os conectores devido à abrasão. Portanto, deve haver um protocolo que governe quando as conexões precisam ou não ser quebradas.
  • Controle Ambiental: O ambiente operacional deve sempre ser mantido em condições favoráveis para cabos de alimentação C19. Por exemplo, aparelhos de ar condicionado, desumidificadores ou mesmo sistemas básicos de ventilação podem minimizar grandemente os riscos ambientais.
  • Inspeção por Profissionais e Testes: É importante envolver especialistas que farão testes periódicos em seus fios elétricos C19. Estes podem incluir inspeções visuais, bem como testes de continuidade, além de medir resistências de isolamento, de modo a garantir a sua conformidade contínua com os padrões de segurança durante o desempenho.
  • Substitua qualquer cabo danificado imediatamente: Sempre que detectar quaisquer danos, como desgastes, cortes ou seções de fio expostas, nunca hesite em substituir essas peças, pois elas podem representar sérias ameaças à segurança se não forem supervisionadas.

Problemas e soluções comuns com cabos de alimentação C19

  • Conexões fracas: Conexões soltas estão entre os problemas mais comuns. Isso pode resultar em oscilação de energia ou até mesmo em desconexão total. Solução: Certifique-se de que os cabos estejam firmemente conectados ao dispositivo e à fonte de alimentação. É importante verificar isso regularmente durante a manutenção para descobrir e corrigir tais falhas.
  • Superaquecimento: Esses cabos C19 podem ficar muito quentes quando lidam com grandes quantidades de corrente elétrica, o que os coloca em risco de serem danificados ou danificar equipamentos próximos devido ao calor. Solução: Quando se trata de ambientes de TI, o gerenciamento adequado do fluxo de ar deve ser feito juntamente com o monitoramento regular da carga, para reduzir as chances de superaquecimento. Outra maneira seria distribuir a energia uniformemente por vários cabos.
  • Dano físico: Às vezes as pessoas podem pisar nestes fios ou apertá-los contra objetos pontiagudos, comprometendo assim a sua integridade estrutural através de força externa; isso é o que chamamos de dano físico. Solução: Empregue sistemas de gerenciamento de cabos bem estruturados que protejam os conduítes contra danos físicos causados por seres humanos ou pela natureza, realize verificações de rotina quando necessário em busca de sinais de desgaste, que então solicitarão a substituição a tempo.
  • Problemas de oscilação de energia: Em áreas onde existem muitos outros dispositivos que utilizam eletricidade, como hospitais com várias máquinas de alta potência próximas umas das outras, pode-se experimentar o que chamamos de interferência elétrica; ele interfere principalmente nos cabos de alimentação c19 porque eles passam por ambientes de TI densamente compactados. Solução: Use cabos de alimentação blindados e certifique-se de que haja espaço suficiente entre eles para não interferirem entre si.
  • Fatores ambientais que levam à deterioração; Temperaturas extremas, níveis de umidade, agentes corrosivos entre outros podem acelerar o processo de envelhecimento desses tipos de cabos. Solução: Unidades de controle ambiental dentro dos data centers precisam ser usadas para manter uma atmosfera adequada para todos os componentes. Alternativamente, opte por aqueles com alta resistência aos estresses ambientais.

Portanto, se todos estes desafios forem tidos em conta no acompanhamento das soluções sugeridas por especialistas, os profissionais dos departamentos de Tecnologias de Informação ou dos departamentos que lidam com a gestão de instalações terão uma prestação de serviços continuamente eficiente através deste tipo de cabos que são utilizados na alimentação de sistemas de informação críticos.

Compatibilidade e conectividade dos cabos de alimentação C19

Compatibilidade e conectividade dos cabos de alimentação C19

Compreendendo os padrões NEMA e IEC para cabos de alimentação C19

A base principal para que os cabos de alimentação C19 usados em aplicações industriais e de TI sejam eficazes e seguros são os padrões da National Electrical Manufacturers Association (NEMA) e da International Electrotechnical Commission (IEC). Esses dois conjuntos de padrões são fundamentais para a fabricação, teste, uso e outros aspectos de conectores elétricos, como o sistema de acoplador C19/C20, que deve funcionar com muitos equipamentos diferentes, permanecendo compatível e seguro.

  • Padrões da NEMA: Aplicáveis principalmente na América do Norte; eles tratam principalmente de configuração, dimensões, uso, etc. sobre conectores ou cabos elétricos, mas não se referem diretamente aos conectores C19/C20, exceto que fornecem requisitos de segurança e especificações de desempenho para conjuntos de cabos, entre outras coisas relacionadas a plugues elétricos usados em receptáculos norte-americanos .
  • Padrões IEC: O conjunto IEC 60320 especifica tipos de conectores projetados para conectar dispositivos elétricos destinados ao uso doméstico ou ambientes semelhantes em todo o mundo. Especificamente, o padrão IEC 60320-3 cobre o conector C19 junto com sua entrada correspondente chamada C20, descrevendo suas formas, tamanhos, etc., onde esta combinação se enquadra na categoria “Acopladores de Aparelhos para Fins Industriais”, permitindo classificações de corrente aumentadas até tensões de 16Amps. até 250Volts de corrente alternada.

Ambos os conjuntos atuam como uma linha de base mínima necessária para que a confiabilidade da interoperabilidade e também a segurança possam ser alcançadas ao lidar com diferentes aplicações que envolvem cabos de alimentação C19. Seguindo-os é possível escolher os cabos adequados em função das necessidades específicas, garantindo assim a proteção contra sobrecargas que podem ocorrer em qualquer ponto da infraestrutura durante a movimentação de diversas cargas.

Dicas para conectar com segurança cabos de alimentação C14 a C19

Para unir cabos de alimentação C14 com C19, é necessário garantir que os dispositivos sejam compatíveis com fontes de energia no contexto específico da infraestrutura, de acordo com os padrões IEC e NEMA. Levar em consideração as especificações elétricas dos equipamentos conectados é importante porque este acoplamento possui capacidades de corrente e tensão maiores que outros. A entrada C14 encontrada em diferentes tipos de equipamentos de TI e de data center deve corresponder adequadamente a um cabo C19 para que uma conexão segura e confiável possa ser estabelecida.

  • Verifique as classificações de tensão e corrente: É importante verificar se as classificações de amperagem são ou não compatíveis entre um plugue C14 e um soquete C19 antes de conectá-los; isso também se aplica às classificações de tensão. Portanto, deve-se ter certeza de que esses dois valores (tensão e corrente) concordam entre si em ambos os lados do cabo em questão; caso contrário, poderão surgir situações perigosas devido à sobrecarga.
  • Examine quanto a danos físicos: Antes de fazer a conexão, procure por quaisquer sinais visuais que indiquem danos físicos, como rachaduras na caixa ou pinos tortos na extremidade macho ou fêmea - tais anomalias podem causar conectividade deficiente, o que pode levar à falha do dispositivo, eventualmente representando um risco à segurança .
  • Conheça o meio ambiente: Fatores ambientais, como temperatura, níveis de umidade, presença de partículas de água/poeira, etc., podem afetar o quão bem um circuito elétrico se mantém unido, portanto, sua capacidade de conduzir eletricidade de forma eficiente a partir do ponto AB. Portanto, certifique-se de ter selecionado cabos de alimentação C19 a C14 apropriados que resistirão a todas as condições necessárias e atenderão aos revestimentos/proteções adicionais exigidos pela localização do local, se aplicável.
  • Conformidade com os padrões: Sempre use cabos/conectores que atendam/excedam os padrões NEMA/IEC aplicáveis, pois eles foram projetados, fabricados e testados com base em usos específicos, onde o desempenho de segurança é uma consideração importante durante a operação.
  • Instalação Profissional: Para áreas que lidam com altas correntes ou indústrias especializadas, recomenda-se a contratação de serviços de eletricista qualificado que deverá ajudar a consertar e estabelecer as conexões no menor tempo possível, sem comprometer as precauções de segurança durante o trabalho, reduzindo significativamente o índice de acidentes.

Seguir essas etapas permite a integração segura dos cabos de alimentação C14 com C19 em sistemas existentes, mantendo sua confiabilidade e eficiência.

Compatibilidade e aplicações de cabos de alimentação C20 a C19

Os cabos de alimentação C19 permitem a alocação eficiente de eletricidade em um data center ou rede. Servindo como conexão entre uma Unidade de Distribuição de Energia (PDU) ou Fonte de Alimentação Ininterrupta (UPS) com entrada C20 e servidores de alta capacidade, equipamentos de rede (como roteadores/switches) ou grandes periféricos com tomadas C19, esses cabos são uma solução absolutamente indispensável em qualquer sala de servidores.

Principais recursos e especificações:

  • Classificações de tensão e corrente: Para começar, os cabos C20 a C19 são geralmente classificados para capacidades de corrente mais altas – geralmente 16A ou 20A a 250V, o que significa que podem ser usados com dispositivos que precisam de muita energia.
  • Mecanismos de bloqueio: Além disso, alguns tipos possuem mecanismos de bloqueio. Estes são muito úteis porque evitam desconexões acidentais, especialmente em sistemas de missão crítica onde a continuidade operacional não deve ser comprometida a qualquer custo.
  • Padrões de durabilidade e segurança: Além disso, esses cabos são construídos em conformidade com os rígidos padrões NEMA e IEC para garantir durabilidade e segurança. Além disso, os de boa qualidade empregam materiais resistentes durante a fabricação, permitindo-lhes resistir a condições ambientais adversas, como calor, umidade e abrasão física.

Considerações de implantação:

Quando quiser utilizar cabos C20 a C19 em qualquer configuração, leve em consideração as necessidades elétricas dos dispositivos conectados e o ambiente onde será instalado. Em locais com altos níveis de umidade ou partículas de sujeira, por exemplo, deve-se escolher fios mais cobertos ou que tenham sido revestidos com materiais conformais para proteção.

Além disso, deve-se saber como estão configuradas as fases de alimentação na PDU e também entender que tipo de energia cada dispositivo consome com mais frequência. Esta informação é importante porque ajuda a garantir que haja equilíbrio no fornecimento de energia para que nenhum circuito fique sobrecarregado, causando quebras no equipamento ou mesmo colocando em risco a segurança.

Recomendações para uso ideal:

  1. Verificações regulares: Por uma questão de segurança e bom funcionamento, inspecione os cabos C20 a C19 frequentemente em busca de sintomas como rasgos, quebras ou superaquecimento.
  2. Organização dos cabos: A organização adequada desses cabos pode evitar que sejam desconectados acidentalmente e melhorar a circulação de ar em locais com muitos dispositivos, o que é crucial para o resfriamento.
  3. Aderindo aos padrões atualizados: Todos os fios devem ser verificados se atendem aos requisitos de segurança e desempenho. A troca de cabos antigos ou não compatíveis pode melhorar muito a eficiência e a segurança do sistema de distribuição de energia.

A fim de garantir a fiabilidade, proteger vidas e propriedades, bem como poupar energia nas zonas operacionais através do fornecimento de energia; é necessário que as empresas sigam estas instruções palavra por palavra enquanto as utilizam em relação às linhas C20 até C19.

Referências

  1. Cables.com – Os numerosos cabos de alimentação PDU ou UPS de C20 a C19 são fornecidos por esta empresa de comércio eletrônico. Em uma breve descrição do produto, menciona que ele vem em diversas cores e tem potência nominal de 20 Amps.
  2. Conjuntos de cabos mundiais – Esta referência oferece uma visão detalhada do conector IEC 60320 C19. É um conector aterrado de 3 fios que pode suportar até 250 volts e 20 amperes. Tais especificações técnicas podem ser úteis para quem deseja mais informações sobre os cabos de alimentação C19.
  3. Tripp Lite – No site deste fabricante, você pode descobrir mais sobre a extensão do cabo de alimentação para serviços pesados C19 a C20. O site fala muito sobre o alto rendimento do cabo e como ele pode adicionar mais dois metros a qualquer conexão de energia.
  4. Líder de cabo – É uma loja de comércio eletrônico que oferece cabo de alimentação com conector C20 a C19. Isso porque a empresa deseja que seus usuários saibam que ele é feito de materiais duráveis e de longa durabilidade.
  5. foto profissional – A Profoto recomenda a utilização do cabo de alimentação C19 dos seus pacotes de estúdio Pro-11, Pro-10 e D4 apenas para fins específicos. Esta pode ser uma boa referência para quem deseja saber como esse dispositivo pode ser usado na prática.
  6. Startech – A empresa Startech vende um cabo de extensão de alimentação C19 a C20 de 6 pés de comprimento, projetado para uso com servidores ou outros dispositivos de alta potência. No site do fabricante, há descrições detalhadas dos produtos e é afirmado repetidamente que este cabo funciona universalmente – algo que pode atrair clientes.
Serviços da FENGY
Publicado recentemente
Entre em contato com a FENGY
Demonstração do formulário de contato
Role para cima
Entre em contato conosco
Deixe um recado
Demonstração do formulário de contato